Cálcio dos lácteos pode reduzir a absorção de gordura das refeições

0
2782
CPT - Centro de Produções Técnicas

Cálcio de origem láctea diminui os níveis de gordura no sangue depois da refeição, diz estudo dinamarquês. Segundo o estudo, publicado no American Journal of Clinical Nutrition, o nível de triglicerídeos no sangue (a principal forma da gordura no sangue após a absorção), esteve entre 15 e 19% menor quando foi consumido cálcio de origem láctea, em comparação com consumo de cálcio proveniente de suplementos. “Pelo que sabemos, esse estudo é o primeiro que mostra que o aumento de consumo de cálcio proveniente de dieta láctea exerce uma diminuição do efeito na absorção de gordura pós-prandial,” diz a autora Janne Kunchel Lorenzen, da Universidade de Copenhagen. “O aumento do consumo de cálcio proveniente dos lácteos atenua a lipidemia pós-prandial, muito provavelmente por causa da redução de absorção da gordura, enquanto que a suplementação com carbonato de cálcio não exerce esse mesmo efeito,” dizem os pesquisadores. Os pesquisadores ainda sugerem que a forma na qual o cálcio se encontra deve ter uma relação nos efeitos observados, sendo que na maioria das vezes está presente como fosfato de cálcio. No ano passado, o Dr. Zemel da Universidade do Tennessee, disse aos presentes na Conferência do Paris Anti- Obesity Therapies 2006 que os lácteos podem ajudar na redução da gordura corporal e que esse cálcio representa 40 % desse efeito.

Deixe uma resposta