Preço do leite ao produtor volta a subir em abril

0
193
CPT - Centro de Produções Técnicas

O preço médio do leite ao produtor voltou a subir no Brasil em abril com a queda na produção do Sudeste e Centro-­Oeste. De acordo com levantamento da Scot Consultoria, neste mês, os produtores receberam, em média, R$ 1,154 pelo litro do leite entregue em março. O valor é 1,63% superior ao recebido no mês precedente.

Rafael Ribeiro, analista da Scot observa que o ritmo de queda na produção nas duas regiões é menor do que o vinha sendo registrado nos últimos meses. Além disso, a produção de leite já começa a subir no Sul do país. Segundo o analista, o Índice Scot de Captação de Leite mostra que a produção da matéria­prima, na média nacional, subiu 0,4% em março sobre fevereiro. “É o primeiro mês de volumes maiores que no ano passado”, diz.

Ele acrescenta que há dificuldade no escoamento de lácteos no mercado, o que pode ser verificado pelos preços no atacado, que subiram menos. Em abril, a cotação média do leite longa vida ficou em R$ 2,50 por litro no atacado paulista, leve alta sobre os R$ 2,48 de março. O levantamento da Scot com cerca de 140 laticínios em 17 Estados mostra que a expectativa é principalmente de estabilidade dos preços ao produtor no curto prazo.

Dentre os pesquisados, 33% esperam alta para os preços no pagamento de maio, 64% veem manutenção e apenas 3% preveem queda. “Em maio e junho, o preço ainda deve subir, mas num ritmo menor do que em 2016”, afirma. O comportamento dos preços do leite em abril no mercado spot (negociação entre laticínios) já sinaliza aumentos menores ao produtor. Neste mês, o preço médio no spot em São Paulo ficou em R$ 1,579 por litro ante R$ 1,527 por litro em março.

Apesar da alta, o ritmo é menor do que a valorização registrada no mês anterior.

Deixe uma resposta