Nova solução impulsiona o potencial de produtos lácteos sem lactose e com redução de açúcar

0
19608
CPT - Centro de Produções Técnicas

 A Chr. Hansen lança NOLA® Fit: uma enzima lactase exclusiva, que possibilita a fabricação de leites, iogurtes e outros derivados lácteos sem lactose ou com redução de açúcar – sem comprometer o sabor e a cor dos produtos

Como mais da metade da população mundial sofre de intolerância à lactose em diversos níveis (de acordo com a Euromonitor), as categorias de leites, iogurtes, queijos e outros derivados lácteos vêm ganhando espaço através da oferta de produtos sem ou com baixo teor de lactose, o que permite aos consumidores sensíveis ao açúcar natural do leite consumir produtos lácteos e usufruir dos benefícios à saúde que estes produtos proporcionam sem perder as características sensoriais.

A nova NOLA® Fit da Chr. Hansen torna isso possível. Esta é uma solução em lactase inovadora, altamente eficiente e atrativa em relação aos custos, que possibilita que os produtores lácteos removam ou reduzam a lactose – ou reduzam a adição de açúcar em iogurtes – em pelo menos 1g por 100g de iogurte, sem afetar a doçura do produto final.

Assegura um leite sem lactose, de sabor autêntico e cor original

O leite é um alimento completo que fornece proteína de alta qualidade e todos os aminoácidos essenciais a nutrição humana, que só são encontrados juntos naturalmente em produtos lácteos.

Os consumidores intolerantes à lactose desejam usufruir destes benefícios, mas querem um bom sabor. NOLA® Fit soluciona o dilema do consumidor que deseja consumir um leite delicioso e ao mesmo tempo sem lactose. Pela alta tecnologia empregada e alto grau de pureza, a novidade permite a produção de leite e derivados lácteos totalmente isentos de off flavors, além de proporcionar aumento de shelf-life e um excelente ganho de custo em uso. Com NOLA® Fit é possível oferecer um leite sem lactose, de maneira eficiente e conveniente.

Promove melhores resultados com a cultura apropriada

“NOLA® Fit possibilita que os consumidores intolerantes à lactose aproveitem os benefícios dos iogurtes e de outros produtos lácteos fermentados. Ela decompõe a lactose em glicose e galactose, o que, adicionalmente, resulta em um iogurte naturalmente mais doce.

Esse resultado é ainda melhor quando associado a uma cultura apropriada para iogurte”, explica Lars Bredmose, Diretor Sênior, Laticínios Frescos, Chr. Hansen. Ele aponta que “o fator ativador da NOLA® Fit se encontra na elevada atividade da enzima em pHs baixos, quando comparada com as lactases tradicionais disponíveis no mercado”.

Essa característica intrínseca de NOLA® Fit possibilita uma redução da dose tradicional de aplicação, com consequente melhoria do custo em uso e, assim, na também lucratividade do produtor.

Perfeita para uma grande variedade de produtos lácteos

A NOLA® Fit é uma solução perfeita para vários produtos lácteos. Além dos benefícios indiscutíveis em leites e iogurtes, ela é particularmente apropriada para produtos lácteos sem lactose premium, tais como: produtos lácteos fermentados e lácteo fermentado com teor reduzido de açúcar.

A combinação da alta atividade específica e atividades secundárias reduzidas fazem com que esta enzima funcione de forma eficiente e livre de sabores associados com outros tipos de enzimas. Isto é especialmente crucial para produtos lácteos não refrigerados ou frescos aromatizados, como leites UHT/UAT, bebidas lácteas não fermentadas e outros.

Foco nas tendências do mercado

• Impulsionados pelas tendências de saúde e bem-estar, muitos consumidores excluem os produtos lácteos devido à presença de lactose. Cada vez mais, os consumidores associam produtos sem lactose com uma escolha saudável, mas eles não querem comprometer o sabor.

• O segmento de produtos lácteos sem lactose está crescendo rapidamente; especialmente em produtos de primeira linha, como leites, iogurtes e sobremesas, sobretudo na Europa, América do Norte e América Latina.

• Ao mesmo tempo, o açúcar está rapidamente tornando-se “o novo culpado”, na opinião dos consumidores. De acordo com um estudo europeu recente, realizado em 2016 pela Sensus, uma empresa de pesquisa de mercado, 60% dos consumidores estão monitorando sua ingestão de açúcar e 25% estão buscando ativamente pela redução de açúcar – mas sem sacrificar o autêntico sabor doce.

Deixe uma resposta