CPT - Centro de Produções Técnicas

A competição aconteceu em Bergen, na Noruega, e os resultados foram divulgados no último sábado (3). No total, 2.472 queijos provenientes de 41 países concorreram aos prêmios.

O consórcio do laticínio produzido entre as províncias de Parma, Reggio Emilia, Modena, Bolonha e Mântua, composto por 55 produtores, venceu 61 medalhas. Outras três foram dadas a amostras levadas diretamente por operadores comerciais. O júri internacional premiou mais de 50% das 121 amostras de Parmigiano Reggiano que participaram da disputa.

A Itália conquistou uma medalha “Super Gold” – pelo melhor queijo de mesa – com o Parmigiano Reggiano 18 meses da Latteria Sociale Roncadella, além de 12 medalhas de ouro, 20 de prata e 28 de bronze.

“As medalhas agregam valor a um mercado, como o de queijos, que já está em crescimento”, comentou Guglielmo Garagnani, vice-presidente do Consórcio Parmigiano Reggiano. A 32ª edição do World Cheese Awards acontecerá em 2019, em Bergamo, na Itália.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here